Circuito Radical encerra o Verão Espetacular

O Circuito Radical encerrou a temporada do Verão Espetacular neste domingo com uma competição diferente reunindo três modalidades olímpicas: corrida, ciclismo e canoagem. O evento agitou a cidade de São Carlos, interior de São Paulo, e contou com a transmissão ao vivo dentro do programa Esporte Espetacular da Rede Globo.

A prova contou com 12 equipes de quatro atletas, sendo uma mulher e três homens num formato misto propondo um novo desafio, que é fazer com que os atletas trabalhem em equipe. Na etapa inicial, as mulheres puxam a fila e percorrem a pé os primeiros 2km. Em seguida, os atletas do caiaque entram em ação e encaram 1km em uma raia montada na lagoa do Parque Damha. Com a chegada na área de transição, o atleta desce do caiaque e passa a vez para o ciclista, que percorre 6km. O último atleta da equipe corre 5,6km e fecha a prova.

E a equipe de Andrea Celeste, Jefferson Oliveira, Carlos Santos e Luiz Carlos Fernandes mostrou muita garra e preparo físico para vencer a disputa.

As mulheres foram as responsáveis por abrir a competição e começaram em alto estilo. Andrea Celeste largou na frente e liderou todo trajeto. Jefferson de Oliveira foi o primeiro a largar na canoagem. Apenas alguns segundos depois, José Mendes também entrou na água. Mas o percurso de sete quilômetros prometia muita disputa entre os dois atletas. José Mendes conseguiu se recuperar na água, mas cometeu um erro infantil ao finalizar a prova: ele largou o remo no lugar errado e acabou perdendo tempo ao corrigir a infração. Com isso, Jefferson acabou terminando a etapa na primeira colocação.

(Clique no vídeo a baixo e reveja o início da disputa!)

Com isso, Carlos Santos, bicampeão da competição em 2005 e 2006, largou na frente na modalidade mountain bike. Rubinho, campeão em 2009, se recuperou e acabou ultrapassando o líder durante o trajeto de seis quilômetros. Além do esforço físico, os atletas também mostraram muita velocidade na etapa: durante a descida, as bikes atingiram cerca de 60km/h.

(Clique no vídeo a baixo e confira o desempenho de Rubinho!)

Rubinho garantiu a primeira colocação na bike e Virginio de Morais, da equipe mostarda, largou na liderança dos 5,6 quilômetros de corrida masculina. Defendendo a equipe amarela, Giovani dos Santos começou a disputa na segunda colocação. Durante o percurso, Luiz Carlos Fernandes, da equipe uva, mostrou fôlego, ficou com a liderança e conquistou o título do Circuito Radical 2010.

(Clique no vídeo a baixo e confira o final da disputa!)

A classificação final do Circuito Radical ficou assim: em primeiro lugar, equipe Uva ou Jequitibá. Na segunda colocação, o time amarelo ou Sabiá. E completando a pódio, a equipe branca ou Lebre.

Fonte: globo.com

Deixe o seu comentário